O invisível

domingo, 25 de janeiro de 2015


Depois de algumas primeiras experiências atribuladas pelo manhunt, modifiquei ligeiramente os meus critérios para escolher um gajo online - aliás, foi daí que surgiu o meu guia prático.
Nada de fotografias de rabos -  davam sempre em merda, ironicamente - ou de abdominais.
Vai aos que têm cara - disse eu - são provavelmente os mais normais- disse eu.

Essa teoria provou-se rapidamente um fracasso, mas adiante.
Numa das minhas incursões, pela caixa de entrada, recebi uma mensagem de um rapaz.

Lá fui eu espreitar o perfil, e aterrei num daqueles perfis com frases diretamente mugidas de um romance do Nicholas Sparks, "Procuro alguém que me encontre" e outras que tais bem bregas típicas de quem tem fome mas não come, e pensa que virou poeta no período celibatário - vocês sabem o tipo.
Embora a minha intuição apitasse mais que uma estação espacial em momento de colisão com um asteróides, resolvi ignorar e aceder. afinal,mal por mal era só um café, e na altura de seca em que o meu terreno se encontrava, até mijo era água.

"Queres combinar um café? o meu numero é o tal tal tal"
Trocámos contactos, e  começámos a falar, ora por telefone, ora pelo skype.
Era razoavelmente simpático embora não tivesse muito conversa mas não me parecia mau rapaz.
Até começarmos a falar no bendito café.
Nunca quis que eu fosse ter com ele, nem me quis dizer as folgas.
Tinha basicamente que ficar sentadinho à espera que ele arranjasse tempo para tomar um café, uma coisa de uma ou duas horas numa tarde qualquer, que até foi ele quem quis combinar.


E andámos no jogo do empurra durante aproximadamente duas semanas.
Sempre que queria combinar, levava com um :
"Não dá, tenho a agenda muito preenchida", cheio de desculpas que era do trabalho da prima, da avó, da periquita inflamada, you name it.
Comecei a ponderar se não estaria a combinar café com um espião internacional ou um primeiro ministro de um país qualquer na Europa de Leste.

Quando perdi o interesse e deixei de lhe responder, ligou-me, às duas e meia da manhã , acabado de sair do trabalho- se calhar até era stripper - e ficou aproximadamente uma hora e meia a queixar-se da vida, e do poder de compra em Portugal, e de política.
às duas e meia da manhã, quando eu já estava deitado e meio a ressonar por entre as conversas.

Disse-me que tinha uma voz sexy - O que é totalmente verdade - , pediu desculpa pela demora do café, e combina para sábado.
Ficou combinado, eu virei me para o lado e continuei a dormir de forma sensual e irreverente - para combinar com a voz, né.
Os dias foram passando e chegada a sexta feira, ele não me tinha dito nada. radio silent, se calhar até tinha morrido numa explosão, sei lá, vida de espião deve ser complicada.
O sábado veio e foi, ainda lhe perguntei se tinha morrido ou assim, mas não me chegou a responder.
Passadas duas semanas, Eliminei-o de todas as redes sociais e mandei lhe uma mensagem, toda ela muito "devias ir para uma escola de etiqueta, para aprenderes a cancelar encontros, pede aulas à Paula Bobone, espero que sejas muito feliz e apanhes herpes no rabo"

mas cheia de classe - e sem a parte do herpes no rabo, que honestamente só me ocorreu agora, milénios depois.
Fui à minha vida, e nunca pensei mais nisso.
Ontem - meses depois do ocorrido - entro no skype, e vejo que o rapaz me veio pedir para o adicionar novamente aos contactos.

E vocês, Alguma situação bizarra que envolva um site de encontros?
Spill the beans!

PS:Eu TINHA que usar esta música algures.

15 comentários:

  1. Adoro a maneira como reltas as coisas. Acabo sempre a rir às gargalhadas, ainda que interiores, senao a malta à minha volta pensa que sou louco. (ou melhor, confirma) xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura não me ri muito, se queres que seja honesto xD

      Eliminar
  2. LOLOL Muito bom Miguelito também apanhei uns desses... deve ser gente que gosta apenas do vai... nunca apanhar o vem. Enfim. Gente idiota. E essa dos herpes era genial llllllllloooollllllllllllll devias ter mandado, ou então agora com um "PS. Esqueci-me de te dizer isto" loololol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas é que são as pérolas dos sites de encontros

      Eliminar
  3. Várias.. tive um uma vez que estava a falar comigo ao mesmo tempo de duas contas diferentes.. numa tinha fotos falsas no outro não tinha foto. Basicamente fazia as mesmas perguntas nos dois perfis para me testar... No fim quem ficou com vontade de lhe testar com uma panela em cima fui eu.. anormal :S

    ResponderEliminar
  4. kkkkkkkkkkkkkk
    eu tenho inúmeras situações para contar.
    inúmeras.
    contarei no blog.

    ResponderEliminar
  5. LOL ri-me um pouco, depois fiquei a pensar e uma coisa posso dizer, eu gosto de ser pontual, em qualquer tipo de situação :-p Mas isso da cara acho que não podes aplicar a todos :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pontualidade e ausência de comparência são duas coisas diferentes xD

      Eliminar
  6. Parto-me a rir com as tuas descrições. Então "herpes no rabo"... genial!

    ResponderEliminar
  7. Varias... no periodo que estive solteiro passei por varias situações parecidas, pessoas super entusiasmadas num dia e com surtos de amnesia no dia seguinte... como acho que não deve ter muita gente que bete a cabeça escorregando no banheiro e perde a memoria acho que a maioria é doida ou mau carater mesmo!

    ResponderEliminar

Vá, a comentar enquanto ainda não cobro nada.
Respondo sempre e coiso.
(sou ótimo a motivar as pessoas hein?)