Regras básicas de etiqueta para a jovem bicha* moderna

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015



Quando era uma piquena bicha em formação, sempre me queixei de não haver nenhum livro de instruções para estas coisas.
Hoje, como acordei benévolo, resolvi fazer eu uma pequena comPILAção de algumas regras de etiqueta a ser seguidas pelas jovens - e não tão jovens também - bichas modernas.
E vamos começar a lição, preparem-se, porque:


Fogo no rabo:
Pelo bem do ambiente - e da sua vida amorosa - controle o seu.
Querem sensualizar? força. Fazer olhinhos, okay, mas não é por verem um gajo jeitoso nas proximidades que têm que entrar em modo canibal.
Ninguém, repito ninguém gosta de uma bicha oferecida.
Depois queixam-se de andar todos encalhados.

Não corra atrás de héteros:
"Ai mas ele é muito simpático" "Os homens bons são todos héteros".
Lamento informar, mas não vai converter aquele seu amigo de ginásio, e se ele se apercebe que lhe quer saltar para cima, vai provavelmente deixar de ter um amigo. E não, os homens que prestam não são todos héteros.

"Odeio bichas":
Okay, essa história de ouvirem aquelas lindas baladas na rádio que repetem mil vezes "és perfeito como és" "aceita-te" "o amor é tudo", e de andarem a recitar grandes discursos de aceitação, para depois mal encontrarem um moço mais efeminado que vocês e dizerem logo "Ih, odeio bichas" com cara de enjoo tem que parar.
Não só porque é parvo - mesmo que a pessoa seja a maior bicha do planeta, whatever - , mas porque depois vos tira a moral toda para se queixarem de discriminação. O que me leva ao próximo ponto.

Não seja uma perseguida:

Eu ainda compreendia se fosse uma bicha ugandesa ou paquistanesa a dizer isto, mas geralmente nunca é.
Há pessoas que ficam cegas, sem braços, e fazem uma vida normal. Paremos com os mimimis de "ninguém me compreende, a minha vida é um inferno porque sou gay".

É só uma vagina, não é satanás:
Quando se refere sexo com uma mulher, parem com os "ews" de nojo, que coisa.
Eu detesto cabidela, e nem por isso quando referem me vou pôr aos gritos como se me estivessem a obrigar a ingerir uma pratada.
Só apetece dar uma lambada logo ali na altura a quente.

E é isto.
Alguma regra a acrescentar leitores?

*E eu uso o termo bicha porque me apetece. Se acharem ofensivo, desenvolvam sentido de humor, credo.

20 comentários:

  1. Epa, que bixa xD
    Adorei a parte da comPILAcao xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem me parecia que ias gostar dessa parte xD

      Eliminar
  2. Eu acrescentaria uma Miguel.
    *Pare de sentir-se superior, fazer caras e bocas quando passar perto de outras bichas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, não lembrei dessa, Dominus. Se bem que tá meio incluída na "odeio bicha", pq quem diz isso diz já meio se achando.

      Eliminar
  3. LOL geralmente não diga "bicha" porque não é meu hábito mas quem o faz, que o faça. Não tenho assim uma regra a acrescentar, mas a de ter espelhos em casa que serve para qualquer mortal também deveria de se aplicar a algumas delas :-p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não digo Bicha no dia a dia, mas achei que ficava giro neste contexto xD.
      Sim, vamos oferecer um espelho a cada bicha. Se bem que bicha depois apaixona-se pelo reflexo e não sai de casa, e é um problema!

      Eliminar
  4. Adorei o guia de boas maneiras!!
    Todas as dicas perfeitas!
    O meu livro pessoal de etiqueta gay começa com a seguinte máxima:
    Aprenda a se definir primeiro como ser humano antes de se definir como bicha!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que fazer uma cartela dos direitos das bichas né, já que fiz dos deveres xD
      bj ;)

      Eliminar
  5. Este post está genial Miguel, parabéns.. sou um sorridente por natureza mas o que li deixou-me mesmo bem disposto.
    Nem consigo pensar em nada para acrescentar lol
    abraços

    ResponderEliminar
  6. Ri muito... Engraçado como sempre xd

    ResponderEliminar
  7. Isto está tãããããoooo bem feito!!!!
    Há umas cenas que me fazem profunda confusão, algumas delas já apontaste:
    - As perseguidas vítimas da sociedade;
    - O tratarem-se por você e por menino;
    - Chamarem as mulheres de galinhas ou nomes ofensivos;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tratarem se todos por ela? essa é outra que me faz impressão xD

      Eliminar
    2. Tratarem as mulheres por galinhas é francamente abominável!

      Eliminar

Vá, a comentar enquanto ainda não cobro nada.
Respondo sempre e coiso.
(sou ótimo a motivar as pessoas hein?)