Fim de semana (II)

domingo, 30 de março de 2014


Lá fora estava muito frio.
Puseste a música a tocar, cada nota a ecoar suavemente pelo quarto, enquanto deitávamos conversa fora baixinho.
Deitei-me completamente vestido na cama e senti-a debaixo de mim suave como uma nuvem, deixando todos os meus músculos relaxar ao mesmo tempo.
Olhei para o teto e suspirei.
Adoro esta música
Também eu...
Sentaste-te junto a mim.
Mais perto do que necessário... tinhas bastante espaço livre na cama.
Mas não me queixei, antes pelo contrário.
Sorri satisfeito.
Estás cansado?
Não, mas sabe-me bem estar aqui deitado...
Temos que ir fazer o jantar.
Disseste-o com o tom de voz menos convincente que já ouvi.
Tocaste-me no nariz em jeito de brincadeira, enquanto fingias tentar decifrar a cor dos meus olhos.

Os teus olhos castanhos e pestanudos sondavam-me, senti-me exposto.
Como se estivesses a ver para lá deles, diretamente para a minha consciência.
Não desviei o olhar.
Gostei da vulnerabilidade.

As nossas pernas tocara-me distraidamente e dei-te a mão, enquanto nos aproximávamos lentamente.
Ao fundo a música continuava a tocar, contando histórias de amor numa melodia melancólica.
A minha mão passeava pelas tuas costas lentamente, deixando-te com pele de galinha.
Adoro esta música.
E antes que respondesses, roubei-te um beijo, deixando que as nossas pernas se entrelaçassem e que o pelo da tua barba me fizesse cócegas nas bochechas.
Lá fora estava muito frio, mas eu tinha-te a ti.

14 comentários:

  1. Oh, que bonito.. Gostei muito de como descreveste o momento :)

    ResponderEliminar
  2. "buscando um sonho em forma de desejo."

    Que bom, Miguel! :-)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-) recordar para animar este dia chuvoso :P

      Eliminar
  3. Muito bem descrito Miguel. Ai as saudades, as saudades :P

    ResponderEliminar
  4. E tem memórias que são tão boas que dá pena que sejam apenas memórias... Ai Ai...

    Uma bela música!!! Um grande abraço e ótima semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, dá mesmo pena ser só memória latinha :P
      abraço :)

      Eliminar
  5. oooooooohhhhhhhhhh derreti-me:-) esses momentos são mágicos...e no final são esses que devem ficar para sempre...:-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, pra guardar os bons momentos, temos a memória. para os momentos maus, temos o lixo

      Eliminar

Vá, a comentar enquanto ainda não cobro nada.
Respondo sempre e coiso.
(sou ótimo a motivar as pessoas hein?)